Hot! Dedicação é a palavra chave para novatas da Seleção Feminina de Handebol

Atletas durante treinamentos em São Caetano do Sul (SP
Foto Gabriel Inamine/Photo&Grafia

Equipe, que conta com atletas atuantes no Brasil, treina até o próximo domingo (21)

A fase de treinamento que a Seleção Feminina de Handebol faz no ABC Paulista teve início nesta terça-feira (16). O técnico Morten Soubak e toda a comissão técnica comandam as atividades intensivas com 20 jogadoras que atuam em clubes brasileiros, até o próximo domingo (21). Para muitas, esta é a primeira experiência com a Seleção Adulta, por isso, estão agarrando a oportunidade com ‘unhas e dentes’.

A ideia do treinador é observar atletas mais jovens e ir mesclando com as que já fazem parte da equipe para dar continuidade ao trabalho neste ciclo e nos próximos. “Estamos treinando com este grupo com várias jovens atletas, que podem fazer parte do grupo para as próximas competições, mas nós temos que lembrar que elas precisam de um tempo de trabalho para se preparar e ganhar experiência, com mais treinamentos e mais jogos internacionais.”

A ponta Jéssica Quintino, apesar da pouca idade, pode se considerar uma das mais experientes desse grupo, por ter feito parte da equipe durante a preparação e a disputa dos Jogos Olímpicos de Londres. A ponta direita, que atua na mesma posição de Alexandra Nascimento, eleita a melhor do Mundo em 2012, em eleição promovida pela Federação Internacional, reconhece que ainda tem um longo caminho a seguir, mas afirma que pretende trabalhar muito forte durante este ciclo para garantir uma vaga no time que irá disputar as Olimpíadas do Rio de Janeiro, em 2016.

Jéssica Quintino afirma que vai trabalhar forte para poder disputar a Olimpíada
Foto Gabriel Inamine/Photo&Grafia

“A Alexandra teve o reconhecimento que ela merece. Sempre fui fã dela. Para nós ela já era um exemplo, mesmo sem ganhar nenhum prêmio. Mais do que nunca ela é um espelho para que eu consiga cumprir também meus objetivos. Quero estar em 2016 e estou aqui trabalhando para isso” frisou. Ela acha importante passar um pouco da experiência que já teve para as novatas no grupo. “As meninas que chegaram agora estão tímidas ainda, mas durante a semana a gente vai trocando informações e o trabalho certamente irá render cada vez mais”, comentou.

A goleira Jéssica Silva de Oliveira é uma das que estão tendo a primeira oportunidade com a Seleção Adulta. Por jogar em uma posição em que o Brasil tem grande tradição, sabe que precisa se empenhar ao máximo nos treinamentos para garantir seu espaço.

“Acho que nunca tivemos uma geração tão boa de goleiras, tanto as que estão na Seleção há um tempo, quanto as que estão trabalhando nos clubes aqui no Brasil”, analisou a jogadora que foi eleita a melhor goleira da Liga Nacional 2012, pela equipe de Concórdia. “O Morten deixou bem clara a filosofia de trabalho e vou fazer o possível para integrar o grupo nas próximas competições. O objetivo é ir bem nessa fase para continuar sendo convocada para Mundiais, Pan-Americanos, Olimpíadas.”

A programação do grupo teve uma pequena alteração. No sábado (20), em vez dos treinamentos serem realizados em São Caetano do Sul (SP), serão no ginásio do Corinthians nos dois períodos.

Seleção Brasileira Adulta Feminina

Goleiras – Agatha dos Santos Silva (AD Santo André-SP), Jéssica Silva de Oliveira (AA Universitária/Concórdia-SC) e Kety Lelly Pereira Marcovic (ADC Estrela de Guarulhos-SP).

Pontas – Agda Rafaela Gonçalves Pereira (AA Universitária/Concórdia-SC), Cássia Santos Ribeiro (Fluminense Alef Handebol-RJ), Jéssica Quintino (Abluhand-SC) e Suzana Gugel (AA Universitária/Concórdia-SC).

Armadoras – Amanda Claudino de Andrade (AA Universitária/Concórdia-SC), Juliana Malta Varela de Araújo (Metodista/São Bernardo-SP), Ligia Costa maia da Silva (APAH/UCS/Prefeitura Caxias-RS), Patrícia Diane de Jesus (SEL/Fadenp/São José dos Campos-SP) e Renata Mateus da Cruz (Associação Cariaciquense-ES).

Pivôs – Débora Rodrigues Feitoza (Metodista/São Bernardo-SP), Fernanda Rigo Marques (Coca-Cola/Copel/Unipar/Cianorte-PR), Nadyne Keller Morcineck (Alef Handebol-RJ) e Tamires Morena Lima de Araújo (Alef Handebol-RJ).

Centrais – Deborah Hannah Pontes Nunes (Metodista/São Bernardo-SP), Franciele Gomes da Rocha (Estrela de Guarulhos-SP), Jaqueline Lopes Dias (Rio Branco Esporte Clube/Americana-SP) e Patrícia Matieli Machado (AD Santo André-SP).

Comissão técnica:
Técnico: Morten Soubak
Supervisora: Rita Orsi
Assistente: Alex Aprile
Médico: Leandro Gregorut Lima
Fisioterapeuta: Marina Gonçalves Calister
Psicóloga: Alessandra dos Santos Dutra
Nutricionista: Júlia do Valle Bargieri
Diretor de Seleções: Vitor Martinez

Os Correios são o patrocinador oficial do Handebol do Brasil, a ASICS é a marca oficial de material esportivo e a Penalty a fornecedora de bolas.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado. Campos requeridos marcados com *